Crédito imobiliário cresce e atinge R$ 73,9 bilhões entre janeiro e novembro, diz Abecip

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Em termos acumulados, nos 11 meses de 2012 foram contratados empréstimos para a construção e aquisição de 410,6 mil unidades, 7,4% inferior aos 443,3 mil imóveis financiados no mesmo período de 2011

Em novembro, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis somou R$ 7,7 bilhões, o segundo melhor desempenho mensal de 2012. O resultado foi 15% maior do que o registrado em novembro do ano passado e 1,7% superior ao de outubro.

Entre janeiro e novembro, os financiamentos imobiliários somaram um total de R$ 73,9 bilhões, 3% mais do que os R$ 71,7 bilhões contratados no mesmo período de 2011. No mesmo período, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis, com recursos das cadernetas de poupança foi R$ 82,2 bilhões, 5,5% mais do que nos 12 meses precedentes.

Em novembro, foram financiadas aquisições e construções de 38,8 mil imóveis, o que correspondeu a uma redução de 1,6% em relação a outubro. Em comparação a novembro do ano passado, o resultado foi inferior em 0,6%, embora a sinalização seja avaliada como positiva, uma vez que o número de unidades financiadas superou a média observada entre janeiro e novembro (37,3 mil unidades).

Em termos acumulados, nos 11 meses de 2012 foram contratados empréstimos para a construção e aquisição de 410,6 mil unidades, 7,4% inferior aos 443,3 mil imóveis financiados no mesmo período de 2011.

Em 12 meses, até novembro, o número de unidades financiadas alcançou 460 mil, 5,5% menos do que nos 12 meses precedentes.

Os depósitos em caderneta de poupança superaram os saques em R$ 3,3 bilhões, o quarto melhor resultado para um mês de novembro, desde a estabilização da moeda, em 1994.

Em termos acumulados, entre janeiro e novembro deste ano, a diferença entre depósitos e retiradas foi positiva em R$ 30,3 bilhões, mais de três vezes superior à de R$ 9,4 bilhões apurada em todo o ano passado.

Em decorrência do desempenho dos depósitos neste ano, o saldo das cadernetas no SBPE superou os R$ 380,1 bilhões, em novembro, 16% mais do que em novembro do ano passado.

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *