Mercado imobiliário investe em imóveis para idosos

Mercado imobiliário investe em imóveis para idosos

O mercado imobiliário está atuando nas grandes capitais brasileiras na busca de imóveis para idosos, com todo o conforto, a praticidade e o bem-estar que a senioridade merece. Usuários e familiares confirmam que não é um investimento qualquer.

A capital paulista, por exemplo, oferece apartamentos com serviços médicos com investimento a partir de R$ 4.800,00. Mensalidades pensadas para o público de classe alta podem chegar a R$ 18.000,00 mensais.

Por que é uma oportunidade construir ou vender imóveis para idosos?

Uma pesquisa realizada pelo instituto Data Popular, com dados do IBGE, aponta que a renda dos idosos passa dos R$ 450 bilhões anuais. Construir ou vender, portanto, imóveis para idosos, apoia a longevidade, estimula a criatividade e permite que convivam em harmonia – pode ser um plus para um dos setores mais afetados pela crise financeira de 2016.

Sete anos atrás, ainda segundo o IBGE, pessoas com mais de 60 anos de idade representavam apenas 12% da população ou 23,5 milhões dos brasileiros – mais do que o dobro do registrado em 1991. Em 2050, a expectativa é que os cidadãos dessa idade sejam quase 70 milhões ou 1/3 da população brasileira.

As construtoras estão se empenhando e as opções são variadas. No interior paulista, além de chalés, apartamentos e suítes, residenciais disponibilizam palestras e serviços religiosos para garantir a comodidade dos idosos. Já outro empreendimento na capital fluminense oferece nutricionista, estética, fisioterapia e até atividades de entretenimento diárias.

E você, corretor, sabe vender imóveis para idosos? Sabe o que é relevante para esse tipo de público? Confira aqui um texto que pode ajudar!

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *