20 tendências do mercado imobiliário que você não pode ignorar

20 tendências do mercado imobiliário que você não pode ignorar
Por Maria Luiza Wolk
1 – As taxas de empréstimo imobiliário continuam por volta de 6% a 8% ao ano.
2 – A pandemia COVID-19 trouxe novas preferências para moradia, demanda de mais conforto ao home offices, espaços maiores e infraestrutura ao ar livre.
3 – O surto de COVID-19 desacelerou gastos supérfluos dos consumidores e reduziu empréstimos.
4 – Muitos investidores aproveitaram as baixas taxas de financiamento e adquiriram imóveis.
5 – O mercado imobiliário tem visto um alto ritmo de crescimento das vendas. É um mercado onde vendedores e os compradores estão enfrentando mais concorrência.
6 – Devido a fatores imprevisíveis trazidos pela pandemia, pode haver mais políticas sociais governamentais não apenas para alívio de curto prazo, mas para aceleração da economia, o que reflete no mercado de imóveis.
7 – O setor está de olho na geração millenials, que conta com empregos estáveis, gerando mais confiança para investimento na casa própria.
8 – Os millenials compõem 38% do mercado, preferem casas de classe média a alta e são um ótimo target das estratégias de marketing.
9 – A chamada “vida verde” ganhou ainda mais força nos últimos 2 anos. Um comportamento global indica que um número considerável (66%) de moradores das grandes cidades quer se mudar para cidades de menor porte, mas que ofereçam uma alta qualidade de vida.
 10 – Esse movimento migratório com foco nas cidades de médio porte foi impulsionado pelos altos preços dos imóveis nas capitais e acelerado pela pandemia.
11 – O uso das tecnologias está presente tanto entre compradores de imóveis quanto vendedores e intermediadores.
12 – Espera-se que as empresas de tecnologia e as startups que atendem o setor imobiliário aumentem devido à expansão do setor.
13 – IA, aplicativos e recursos de tecnologia de ponta já ocupam papel de destaque no setor imobiliário.
14 – O mercado de imóveis de luxo está em expansão. O setor de luxo já conta com crescimento de 50% nas vendas.
15 – Os corretores de imóveis buscam atrair inquilinos com infraestrutura de conforto, condição inegociável na escolha de imóvel de locação.
16 – Ferramentas como gestão completa de imóveis e sites imobiliários nunca foram tão necessários como no presente.
17 – Casas inteligentes não são mais uma realidade futurista, é exigência que atrai compradores e investidores hoje. 
18 – Exemplos de IoT aplicados em imóveis cada vez mais solicitados são: Smart TV, geladeiras inteligentes, iluminação automática, climatizadores, alarmes de segurança, câmeras, etc. 
19 – Elas contribuem diretamente para o conforto e a segurança do lar de diferentes maneiras. O uso de alarmes e câmeras são exemplos disso.
20 – A alta disponibilidade de crédito e juros atraentes incentivam consumidores a adquirirem seus imóveis ou fundos imobiliários, opção com melhor rendimento e segurança que outras modalidades de investimentos.

Então, a pandemia gerou no cenário macroeconômico um efeito irrevogável no comportamento de morar: ao impor o isolamento social, com as pessoas mais tempo em casa, trabalhando e estudando a distância, passaram a valorizar outros atributos que anteriormente podiam não ter tanta importância.  Tal desejo de mudança aqueceu mercados de compra, locação e reformas. Note por você ou vizinhos as obras ou itens de conforto para casa adquiridos  durante a pandemia. Sim ou não? Conte pra gente!

 

Faça o Teste Grátis do Novo Imobex e conheça todas as vantagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *